Doença viral agravada pela poluição ameaça tartarugas marinhas que frequentam costa brasileira

Como está a saúde das tartarugas marinhas e qual o impacto das atividades humanas na espécie? Pesquisadores do Programa de Recuperação da Biodiversidade Marinha (Rebimar), da Associação MarBrasil, estão desenvolvendo um projeto, com patrocínio da Petrobras, para monitorar as Tartarugas-verde (Chelonia Mydas), na região do Complexo Estuarino de Paranaguá, próximo a uma importante área portuária e ocupações urbanas. As primeiras análises já indicam que alterações drásticas no habitat afetam as condições de saúde e causam agravamento de doenças do animal. A ação de captura, marcação e soltura das tartarugas ocorre, principalmente, na Ilha das Cobras ou na Ilha do Mel, no Litoral do Paraná, sendo a primeira com maior concentração desses animais. A equipe vai para a água para fazer o cerco das tartarugas, que pode ser tanto no modo “espera”, em áreas onde esses animais se aproximam para se alimentar, quanto em modo de “arrasto”, captura ativa realizada próxima…

Navigate