Nacional

ANP aprova Energy Paranã como comercializadora de gás natural

A Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) autorizou que a empresa Energy Paranã seja comercializadora de gás natural.  A Energy Paranã é composta pelas empresas Petres Energia, braço do Grupo Interalli nas áreas de gás natural e petróleo, e EnP Ecossistemas Energéticos, que já possui autorização para exploração e produção do combustível fóssil. A decisão foi divulgada no Diário Oficial da União de 20 de dezembro de 2021, informando que a Energy Paranã fica “autorizada a exercer a atividade de comercialização de gás natural na esfera de competência da União, mediante a celebração de contratos registrados na ANP”, detalha o documento. O diretor do Grupo Interalli, um dos sócios majoritários da Petres Energia, Fabrício Slaviero Fumagalli, conta que a atuação da empresa contribui para a valorização e avanço no mercado de energia no Brasil. “Diante da crise hídrica que vive o país, o gás natural é atualmente…

Saiba como a energia solar pode te ajudar a pagar mais barato na conta de luz

Reduzir a conta de luz se tornou uma necessidade para milhões de brasileiros que viram, apenas em 2021, uma alta acumulada na fatura de energia de quase 25%. Como solução para ajudar a frear novos aumentos causados pela grave crise hídrica no país, o setor empresarial está investimento em energia solar fotovoltaica. De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, IBGE, o acumulado dos últimos 12 meses fez o preço da energia subir 30,02%. A escassez de chuvas, principal fator para o aumento tarifário, gerou um alerta para a necessidade de o país diversificar sua matriz energética. O aumento de capacidade da fonte solar, por exemplo, é apontado por especialistas como um importante caminho para a ampliação de produção energética. Se tratando de uma fonte limpa, renovável, de baixo impacto ambiental e que garante maior segurança e previsibilidade de geração ao sistema elétrico brasileiro, empresários do setor buscam…

Porto Ponta do Félix fecha 2021 com operação de carga inédita

O Porto Ponta do Félix está recebendo uma carga inédita de pellets de madeira à granel. A exportação de 15 mil toneladas do produto tem como destino a Itália, com navio previsto para atracar na primeira quinzena de dezembro. A operação faz parte da diversificação de cargas do Porto, o que permitiu um aumento de 70% na movimentação em 2021. O produto é de fabricação brasileira, produzido no Sul do país. Com a proximidade do inverno europeu, os pellets de madeira são utilizados como insumos para sistema de calefação, com finalidade residencial. Os produtos serão comercializados em lojas, em diversos pontos do continente. De acordo com o diretor-presidente do Porto Ponta do Félix, Gilberto Birkhan, a ampliação de portfólio, atendimento diferenciado e know how em operações especializadas permitiu o crescimento na movimentação deste ano. “Tivemos diversas operações inéditas neste ano, entre elas, a importação de malte, big bags com alimentos…

Redução na importação de fertilizantes alavanca uso de big bags

O agronegócio brasileiro está sendo impactado pela alta nos preços dos fertilizantes, devido à redução da oferta de matéria-prima – insumos como cloreto de potássio, ureia e fosfato – importados de países como Rússia, Canadá e Marrocos. Para reduzir custos de transporte e manter a integridade do produto que chega para o plantio, produtores rurais e cooperativas estão apostando no uso de big bags – embalagens sustentáveis que permitem o envio ao campo com maior agilidade, segurança e praticidade para o armazenamento. “É importante garantir mais qualidade ao produto que vem para o Brasil, pensando também na qualidade com que ele vai chegar até a cooperativa que faz a distribuição destes fertilizantes”, explica Leandro Klaus, gerente da Delta Porto – empresa especializada em movimentação de big bags e que atua no Porto de Paranaguá (PR). O Brasil, 4º maior consumidor de fertilizantes do mundo, depende do mercado externo para abastecimento.…

Petres defende transição energética como forma de reduzir impacto e aumentar segurança no país

É preciso promover uma transição energética eficiente e adequada do uso do petróleo como principal combustível do planeta, por fontes de energia limpas e renováveis. Essa foi a avaliação de umas das sócias da Petres Energia, Renata Isfer, durante o seminário online “Energias Renováveis e Desenvolvimento”, do Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE). A proposta na programação foi tratar dos principais desafios para incentivar a geração de energia por fontes renováveis, das alternativas em termos de financiamento e o quanto a demanda de diferentes setores produtivos trazem impacto ao desenvolvimento regional e nacional. Renata, que é ex-secretária de Petróleo, Gás e Biocombustíveis do Ministério de Minas e Energia (MME), falou sobre a transição energética e o futuro do setor de energia e ressaltou que “um dos elementos que está motivando e contribuindo para a transição energética acontecer é a diversificação de financiamentos que trazem uma linha de crédito…

Terminal de Líquidos da CBL é eleito segundo melhor do Brasil em nível de segurança e padrão operacional

O terminal de líquidos da Companhia Brasileira de Logística (CBL) – empreendimento do Grupo Interalli, com operação no Porto de Paranaguá – acaba de conquistar o segundo lugar na premiação Melhores do Ano – Safra 2020/2021, promovida pela Raízen.O premio avaliou nível de segurança e padrão operacional em mais de 20 terminais portuários operados pela Raízen em todo o Brasil. Também foram analisados critérios relacionados à saúde, segurança, meio ambiente, auditorias, qualidade, processos, produtividade e controles operacionais.Para o diretor do Grupo Interalli, Fabrício Slaviero Fumagalli, o resultado da premiação demonstra o comprometimento e a eficiência de todos os envolvidos na operação de um dos terminais mais modernos nesta área.”A CBL tem apenas três anos de atividades. No entanto, desde o início, priorizamos eficiência, produtividade e o bem-estar coletivo, prestando serviços de qualidade, com responsabilidade”, afirma Fumagalli.Primeira do Sul – A CBL foi a empresa que obteve a melhor colocação na região…

Navigate